---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Comunicação
5° JOGOS ABERTOS DE SÃO CARLOS

Publicado em 14/02/2019 às 09:12 - Atualizado em 26/03/2019 às 16:19

5° JOGOS ABERTOS DE SÃO CARLOS

 

 

Edição – 2019


REGULAMENTO GERAL D0 5º JOGOS ABERTOS DE SÃO CARLOS

 

CAPÍTULO I – DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

                            Art. 1°- O 5° JASC - Jogos Abertos de São Carlos tem por finalidade a integração dos munícipes oportunizados pela prática esportiva, descoberta de novos talentos esportivos bem como contribuir para o desenvolvimento integral da pessoa como ser social, autônomo e democrático.

                            Art.2°- É da competência do Conselho Municipal de Esportes a coordenação geral dos JASC – 2019.

                            Art. 3°- O 5° JASC será realizado em conformidade com o disposto neste regulamento.

                            Art. 4°- As normas a seguir, são o conjunto das disposições que regem o 5° JASC e submete todos os envolvidos na competição ao fiel cumprimento das mesmas.

 

CAPÍTULO II – PARTICIPAÇÃO

                            Art. 5°- Poderão participar dos 5° JASC: Entidades, Empresas, Clubes ou Associações registradas e sediadas no município de São Carlos.

                            Art. 6°- DOS ATLETAS:

1-  Obrigatoriamente a idade mínima será de 16 anos (nascidos até 2003) mediante a autorização dos pais fixados na ficha de inscrição, para menos de 18 anos, com exceção as modalidades:

  • , futsal feminino, volei de areia feminino E voleibol feminino  a idade mínima será de 14 anos (nascidos até 2005), mediante a autorização dos pais fixados na ficha de inscrição e o comprovante do pai ou responsável de um dos itens de enquadramento para inscrição.

2-Se enquadrar no item abaixo:

 

  • Ter domicílio eleitoral em São Carlos de no Maximo 31 de dezembro de 2018
  • Atletas com idade abaixo de 17 anos caso não tenham domicílio eleitoral deve se levar em conta o domicílio eleitoral do pai ou da mãe.
  • Na modalidade de futebol suíço e futsal feminino cada equipe poderá inscrever 03 atletas que não possuem domicilio eleitoral no município de São Carlos, considerados de fora.

 

3-Não estar cumprindo punição por eventos promovidos pela CME, exceto atletas que possuam punição em jogos, a qual irá cumprir nos primeiros jogos da sua equipe.

Art. 7°- DAS INSCRIÇÕES

As fichas de inscrição encontram-se disponíveis na CME no Ginásio Municipal de Esportes Hélio dos Anjos Ortiz de São Carlos e no site da Prefeitura Municipal de São Carlos: http://www.saocarlos.sc.gov.br.

 

Parágrafo único: Período de inscrição: 13 de Fevereiro a 01 de março de 2019. Será gratuita a inscrição para todas as modalidades. Maiores informações: 3325-3038 ou 98816-0409 com o Secretário Municipal de Esportes, Ariel Alves.

 

1-     Ficha de inscrição e documentação necessária: Na ficha de inscrição deverá constar o nome completo legível e a assinatura do atleta somente.

  • § 1º - No dia da abertura cada entidade participante deverá estar presente com 10 atletas, entidades que não possuem 10 atletas em toda sua equipe deverão participar da abertura com no mínimo 05 atletas. Caso as entidades não atingem as metas na abertura a entidade será punida com multa de R$100,00 e não poderá participar de nenhuma modalidade até o pagamento da mesma.

2-       Não terá número mínimo de inscrição por modalidade, masculino ou feminino.

                       O atleta poderá inscrever-se apenas por uma entidade e em quantas modalidades desejar, sendo de sua responsabilidade pelo choque de horários dos jogos que possam vir a ocorrer.

3-     Não serão permitidas trocas, substituição ou inclusão de atletas após a data de inicio da competição específica, poderão fazer trocas de atletas 1 dia útil antes do inicio da modalidade especifica.

4-      O atleta inscrito por duas ou mais entidades tendo a sua assinatura nas fichas de incrições será impedido de participar e eliminado das duas ou mais equipes.

CAPÍTULO III – DAS MODALIDADES

                            Art. 8°- Serão disputadas as modalidades, provas ou categorias, onde houver no mínimo 03 (três) entidades inscritas por naipe.

                            Art. 9°- MODALIDADES:

MODALIDADE

NAIPE

Nº MÁXIMO ATLETAS

1

48

 

M

Equipe Até 08 atletas

2

BOCHA

 

M e F

Equipe Até 05 atletas

(Fem: 03)

3

BOLÃO

 

M e F

Equipe Até 06 atletas Masculino e 05 no Feminino

4

CANASTRA 

 

M e F

Dupla Até 03 atletas

5

DOMINÓ

 

M e F

Dupla Até 03 atletas

6

FUTSAL LIVRE

 

M e F*

Equipe Até 14 atletas

7

FUTSAL VETERANO

M (38 ANOS)

Nascidos em 1981

Equipe Até 14 atletas

8

FUTSAL MASTER

M (48 ANOS)

nascidos em 1971

Equipe até 14 atletas

9

FUTEBOL SUÍÇO LIVRE

M e F*

Equipe até 14 atletas

10

FUTEBOL SUÍCO VETERANO

M (38 ANOS)

NASCIDOS EM 1981

Equipe até 14 atletas

11

FUTÊVOLEI

M

Dupla Até 03 atletas

12

SINUCA

 

M

Dupla Até 03 atletas

13

TRUCO

 

M e F

Dupla Até 03 atletas

14

VOLEI DE AREIA

 

M e F*

Dupla Até 03 atletas

15

VOLEIBOL

 

M e F*

Equipe Até 12 atletas

16

TÊNIS DE QUADRA

(classe A e classe B)

M

Individual

17

KOOP

Misto

Dupla até 3 atletas

Parágrafo único: Nas modalidades em dupla será opcional a inscrição do atleta reserva. Modalidades com * é permitida a inscrição de atletas com 14 anos as demais modalidades somente com 16 anos acima.

 

CAPÍTULO IV – DO CONGRESSO TÉCNICO

                            Art. 10º - O Congresso Técnico será realizado nos dias 06 a 08 de março através de seu coordenador no auditório da Unopar.

Entrega das fichas de inscrições: 01 de março até as 17:30 na CME

CONGRESSOS TÉCNICOS: 19:00 na Unopar

 

06/03 – Quarta feira - Canastra, Dominó, Truco, Koop, Sinuca.

07/03 – Quinta feira – Futsal, Futebol Suíço, Voleibol, Futêvolei e Vôlei de Areia.

08/03 – Sexta feira – Bocha 48, Bocha Raffa Vollo, Bolão, Tênis de Quadra.

Abertura dia 09 de março às 20 horas no Ginásio Municipal Hélio dos Anjos Ortiz.

 

 

CAPÍTULO V - DOS JOGOS / PROVAS

                         Art. 11º - As equipes/atletas deverão se apresentar no local e horário previsto na tabela de jogos ou programa horário, munidos de documento com foto de identificação (RG, CNH) ORIGINAL com valor legal no Brasil e devidamente uniformizadas.

                         Art. 12º - Para as modalidades coletivas o prazo de tolerância será de 15 minutos, somente quando houver coincidência de uniformes, a equipe que está á esquerda na tabela será obrigada a trocar o uniforme para que se de início a partida. Sugere-se que as equipes tenham um uniforme reserva.

Parágrafo único: O atleta para ter condições de participar do jogo/partida, deverá estar presente e apresentar a documentação exigida antes de terminar o jogo, período ou set. Nas modalidades individuais observar-se-á o acordado nos congressos técnicos específicos.

                Art. 13º - A definição da arbitragem para todas as modalidades, será de responsabilidade da CME ou o que for acordado no congresso técnico.

 

CAPÍTULO VI- DA FORMA DE DISPUTA, PONTUAÇÃO e PREMIAÇÃO

                Art. 14º - Para a realização dos JASC será adotado um dos seguintes critérios para as disputas das modalidades coletivas:

§ 1º - Com a participação 03 a 05 ENTIDADES

Chave única - as equipes jogam entre si, obtendo-se diretamente a classificação final.

§ 2º - Com a participação de 06 a 10 equipes

Primeira fase: classificatória - duas chaves (A e B); as equipes jogam entre si dentro da chave; classificam-se as duas melhores colocadas de cada chave para a fase seguinte.

Segunda fase: semifinal

1º de A X 2º de B;

1º de B X 2º de A;

Terceira fase: final - as duas equipes vencedoras disputam o título de campeã e vice-campeã. A equipe que perdeu a semifinal para o Campeão será considerada a terceira colocada.

                   Art. 15º - A premiação será a seguinte:

a)        Medalhas do 1º ao 3º lugar em todas as modalidades e provas individuais;

b)        Troféu ao Campeão e ao vice campeão de cada modalidade e naipe;

c)        Troféu do 1º ao 5º lugar na soma de pontuação geral, observando-se a seguinte pontuação por modalidade e naipe:

        1º lugar – 13 pontos

        2º lugar – 08 pontos

        3º lugar – 05 pontos

        4º lugar – 03 pontos

      

 

  Parágrafo único: Em caso de empate na contagem geral de pontos, observar-se-á pela ordem: maior número de 1º lugares, maior número de 2º lugares e assim sucessivamente até que se verifique o desempate.

 

CAPÍTULO VII - CÓDIGO DISCIPLINAR

                   Art.16° - Os participantes dos 5º JASC, ligados direta ou indiretamente às entidades ou a serviço delas, deverão respeitar os princípios disciplinares impostos e normatizados por este regulamento e determinações em vigor no Código Disciplinar Municipal, sendo punidos aqueles que cometerem, qualquer falta prevista nos mesmos.

                   Art.17º -A s infrações apontadas e comprovadas serão julgadas pela JDD em conformidade com o Código Disciplinar Municipal.

                   Art.18º - A equipe que utilizar atleta de forma irregular perderá os pontos da partida. Os pontos serão revertidos em favor da equipe adversária em que o atleta atuou irregularmente.

          Parágrafo único: o atleta que atuar de forma irregular será excluído da modalidade. Em caso de reincidência o atleta e equipe serão excluídos do 5º JASC, ficando punido em todos os eventos promovidos pela CME durante o ano de 2019.

                   Art.19º - A equipe que não comparecer para a disputa de qualquer partida será considerada perdedora do referido jogo (W x O), sendo os pontos atribuídos a equipe presente, conforme Regulamento Específico da modalidade.

                   Art. 20º - A equipe que causar W x O será eliminada da competição , os atletas que não foram relacionados em sumula e que causaram o wo serão suspensos pelo período de 30 dias a contar da data da partida por todas as competições realizadas pela CME, ainda serão penalizados por uma multa no valor total de R$ 400,00 revertidos em material esportivos para as escolinhas da CME, caso não haja o pagamento da multa a suspensão continua para todos os atletas que causaram o wo até o mesmo ser efetuado.

                            Art. 21° - O atleta, técnico ou dirigente que for expulso de um jogo não poderá participar do jogo seguinte, além de ficar sujeito a outras penas impostas pela JDD.

                   Art. 22º - Somente serão aceitos protestos que forem entregues à CCO até 01 (UM) dia útil após o encerramento do jogo, rodada ou fato motivador do protesto e composto dos seguintes requisitos básicos:

a)         Ofício digitado contendo a descrição do fato que originou o protesto assinado pelo responsável legal da entidade;

b)         Pagamento de uma taxa equivalente a 1 (um) salário mínimo vigente na data do protesto.

Parágrafo Único: Se o protesto for julgado improcedente, o valor da multa será revertido para as escolinhas de base do município. Em caso do protesto ser procedente, a equipe protestante será ressarcida da taxa de protesto, cabendo à equipe punida o pagamento do valor do protesto.

 

CAPÍTULO VIII - CONSIDERAÇÕES GERAIS

                   Art. 23º - Cada modalidade será disputada conforme o que regem as Regras Oficiais específicas, observando as particularidades previstas no Regulamento Técnico de cada modalidade para os 5º JASC – Jogos Abertos de São Carlos.

                   Art. 24º - Toda e qualquer comunicação, alteração de programação, penalizações somente terão validade quando publicados em Boletim no site: http://www.saocarlos.sc.gov.br ou diretamente no Conselho Municipal de Esportes.

                   Art. 25º - O Conselho Municipal de Esportes não se responsabiliza por acidentes e incidentes que venham a ocorrer antes, durante ou depois dos jogos, seja com atletas, dirigentes, assistentes ou todas e quaisquer pessoas envolvidas direta ou indiretamente com os 3º JASC.

                   Art. 26º - Os casos não previstos no regulamento Geral e ou Regulamento Técnico será apurado pela CCO, dos 4º JASC.

 

 

São Carlos, 12 de Fevereiro de 2019.